Cachorro que representaria Brasil em competição internacional morre atropelado

O border collie Jacó, que em março representaria o Brasil em uma das competições mais importantes do mundo, morreu atropelado em uma praia no Ceará, no sábado (23).

O tutor e treinador, Vladinir Maciel, diz que levava Jacó para nadar quando uma picape cinza em alta velocidade mudou o trajeto e, intencionalmente, acertou o cachorro. O atropelamento aconteceu nas areias da praia de Porto das Dunas, em Aquiraz, região metropolitana de Fortaleza, e o motorista fugiu.
Vladinir e Jacó iam à praia três vezes por semana. O cachorro chegou a ser levado a um veterinário, mas não resistiu.

“Jacó estava no auge de sua carreira e iria representar o Brasil na maior competição de cães do mundo, na Europa, semana que vem! Além de ser atleta, ele era um membro da nossa família, muito amado por todos (família, amigos e fãs)! Hoje [sábado, 23] estávamos na praia, como de costume, quando um carro 4×4 propositalmente o atropelou e fugiu sem prestar socorro”, escreveu o tutor em rede social.

Vladinir afirma que agora sua bandeira será lutar para que veículos sejam proibidos nas praias. Para ele, o frequentador pode não concordar com a presença de animais na areia, “mas não tem o direito” de jogar o carro em cima de animais ou pessoas.

“Hoje foi meu cachorro. Amanhã pode ser você, pode ser seu filho, pode ser sua esposa”, disse o tutor.
Em um vídeo, Vladinir se despediu do amigo. “Foi muito bom. Muito obrigado por tudo. Você foi fenomenal, você foi incrível. Desculpa se eu não pude fazer mais por ti. Desculpa mesmo, eu só queria que você se divertisse”, disse, abraçando o corpo do cachorro.

ATLETA

Esperto e habilidoso, Jacó era chamado de o cão mais adestrado do país, segundo o tutor. Participou de eventos e competições. Estava de malas prontas para ir ao Crufs, no Reino Unido, no começo do próximo mês.

Havia sido selecionado entre um pequeno grupo de cães não europeus para competir em freestyle. De acordo com o adestrador, seria o primeiro cachorro brasileiro a participar dessa categoria.

O Kennel Clube do Ceará publicou uma homenagem ao animal. “Jacó encerrava com louvor sua preparação para competir na Crufts 2019, na Inglaterra, mas infelizmente essa apresentação foi cancelada. Isso porque ele só não foi capaz de aprender um truque: o de ser eterno”, diz o texto.

Compartilhe essa notícia com seus amigos:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *