Homem que se passava por policial civil para seduzir mulheres é preso

Para seduzir mulheres e obter vantagens em festas e shows, Lauro Cezar Silva Sanches, 29 anos, se passava por policial civil em Bonito e região. Ele foi foi preso na manhã deste sábado (9). 

A equipe policial de Bonito, distante 257 quilômetros de Campo Grande, recebeu informação de que Lauro usava uma camiseta com o símbolo da Polícia Civil, arma de brinquedo na cintura e se apresentava como investigador em shows e festas para receber vantagens. No Instagram, segundo a polícia, há varias fotos do rapaz posando com uniforme da instituição.
 
Lauro dizia que era lotado na Delegacia de Polícia Civil de Bonito (Divulgação/Polícia Civil)
 
Lauro dizia que era lotado na Delegacia de Polícia Civil de Bonito (Divulgação/Polícia Civil)

Em relatos, testemunhas afirmaram que Lauro dizia ser policial com o objetivo de conquistar mulheres nas festas. O delegado de Polícia responsável pela investigação, Gustavo Henriques Barros, explicou que símbolos que representam instituições policiais não podem ser usados por cidadãos.

“Símbolos como distintivos e uniformes oficiais são reservados para profissionais da área de segurança. “Quando um cidadão que não é policial se identifica como tal, pode acabar colocando em risco a vida das pessoas”, explicou. Lauro, que vai responder na Justiça por contravenção penal, assinou um TCO (Termo Circunstanciado de Ocorrência) e foi liberado.

Compartilhe essa notícia com seus amigos:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *