Paranaiba: Profissionais da Assistência Social protestam contra corte de verbas federais no SUAS

Aproximadamente 50 pessoas participaram, na manhã desta sexta-feira (03), de uma caminhada em manifestação ao corte de repasses para o Sistema Único de Assistência Social (SUAS), anunciado pelo Governo Federal.

Cerca 2000 pessoas assistidas pela Secretaria Municipal de Assistência Social e entidades do município serão afetadas com a mudança.

De acordo com a Secretária Municipal de Assistência Social, Maria da Graça Saraceni, o corte de verbas não tem relação nenhuma com a Prefeitura. “É importante deixar claro que esse corte de verbas não tem nenhuma relação com a Prefeitura. É uma verba federal, que vem do Governo Federal e que, se cortada, irá afetar as entidades do município” completou.

Ainda em sua fala, Maria da Graça reforçou a necessidade da verba para o município. “Nós trabalhados com gente, com famílias, nosso trabalho é recuperar a autoestima de pessoas em vulnerabilidade social. É essencial que a gente tenha 100% desse repasse.” Afirmou.

O SUAS  
A Assistência Social é organizada em um sistema descentralizado e participativo denominado Sistema Único de Assistência Social (Suas), conforme estabelece a nova Política Nacional de Assistência Social (PNAS/2004). O Suas, implantado em 2005, é um sistema constituído nacionalmente com direção única, caracterizado pela gestão compartilhada e cofinanciamento das ações pelos três entes federados e pelo controle social exercido pelos Conselhos de Assistência Social dos municípios, Estados e União. No Suas, as ações da assistência social são organizadas tendo como referência o território onde as pessoas moram, considerando suas demandas e necessidades. Os programas, projetos, serviços e benefícios devem ser desenvolvidos nas regiões mais vulneráveis, tendo a família como foco de atenção. As ações da assistência social no Suas são organizadas em dois tipos de proteção: básica e especial, e desenvolvidas e/ ou coordenadas pelas unidades públicas: Centros de Referência da Assistência Social (CRAS), Centros de Referência Especializados de Assistência Social (CREAS) e Centros de Referência Especializado para a População em Situação de Rua (Centro POP) e de forma complementar, pela Rede Socioassistencial Privada do Suas. (fonte: mds.gov.br)

Fonte: Amanda Rodrigues

Compartilhe essa notícia com seus amigos:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *