Silvio Santos entrevista Bolsonaro: papo de colostomia a Previdência

O presidente da República, Jair Bolsonaro (PSL), falou desde o uso da bolsa de colostomia até a reforma da Previdência no Programa Silvio Santos, no SBT, exibido na noite deste domingo (05/05/2019).

Durante bate-papo descontraído, Bolsonaro contou ao dono da emissora que não teve problemas para usar a bolsa, já que o produto era de alta tecnologia, mas lembrou que na rede pública brasileira não há fornecimento do material com tanta qualidade e, por isso, muitos brasileiros usam “um saco plástico” ao serem colostomizados.

 

O presidente da República contou, também, sobre seu dia a dia em Brasília. Disse que, depois do atentado que sofreu durante a campanha eleitoral – razão pela qual precisou passar por três cirurgias –, não consegue mais praticar exercícios físicos como antes. “Logicamente, eu perdi muita coisa”, disse.

Diariamente, Bolsonaro sai do Palácio da Alvorada às 8h para estar às 8h10 no Palácio do Planalto, mas o trabalho já começa desde cedo. “Estou acordado desde às 5h. Fico ali no zap”, revelou. 

Silvio Santos saiu em defesa da reforma da Previdência e tentou alertar os telespectadores sobre o aumento da inflação caso a pauta prioritária da Economia não seja aprovada. “Inflação era horrível, e é o que pode acontecer”, disse. “A Previdência é importante. Não é por que o presidente está aqui, não”, ressaltou.

Bolsonaro voltou a dizer que, independentemente do posicionamento político, a maioria dos parlamentares sabe que o Brasil precisa reformar o sistema previdenciário. “Depende sim, de deputados e senadores. A maioria está convencida de que tem que aprovar”, afirmou.

Contrariando o presidente, Silvio Santos criticou o porte de arma no país. “Esse negócio de arma de fogo não pode aprovar. Vai virar um faroeste”, disse o apresentador. 

Bolsonaro argumentou, dizendo que Silvio Santos sabia como as coisas funcionavam nos Estados Unidos. O entrevistador logo rebateu: “Não vamos confundir. Nos Estados Unidos, o cara vai preso e fica”, disparou. 

Outro ponto tratado foi sobre a tentativa do presidente de diminuir os radares nas rodovias federais.

“O radar extrapolou aquela ideia de proteger a vida. É caça-níquel”, declarou Bolsonaro. Silvio concordou: “É para arrecadar”, disse.  “Quero que o povo brasileiro tenha prazer em dirigir”, concluiu o presidente da República. 

Na ativa, sem aditivo
Na conversa com o dono do SBT, o chefe do Executivo federal informou que tem uma filha de 8 anos. O apresentador, então, perguntou se, em razão da idade, o entrevistado não era confundido com o avô dela. Sorrindo, o presidente reconheceu que isso às vezes acontece e emendou, observando que está “na ativa, sem aditivo”.

O presidente não soube responder qual a idade da primeira-dama, Michelle Bolsonaro. “Uns 30 e pouco, quase 40”, disse. Em tom de brincadeira, afirmou que a esposa não pode fazer cirurgia de catarata.

Cicatriz
Na quinta-feira (02/05/2019), o chefe do Executivo viajou a São Paulo para participar do programa. Na ocasião, também concedeu ao jornal da emissora uma entrevista que foi ao ar na mesma noite.

Bolsonaro tratou de diferentes temas e, ao ser questionado sobre o seu estado de saúde, levantou a camisa para mostrar a cicatriz na barriga, decorrente do atentado à faca sofrido no ano passado. “Tem gente que não acredita”, apontou na ocasião.

Compartilhe essa notícia com seus amigos:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *