Após demissões em massa, Globo não perdoa e sobra para Sandra Annenberg

Recentemente, a Globo viu mais um profissional pedir as contas no seu jornalismo. O apresentador Dony de Nuccio, que comandava o Jornal Hoje, pediu demissão da emissora. O pedido ocorreu, após alguns sites divulgarem documentos que comprovariam um contrato do repórter com um enorme banco. A ação feria as regras internas da emissora e, por isso, Dony decidiu se demitir. 

Ele não é o único esse ano que deixa a emissora. A lista de pessoas que saíram do canal é bastante grande. O repórter Mauro Naves, por exemplo, foi um dos que deixou o canal. No caso dele, o motivo da demissão foi ter passado o contato do pai do jogador de Neymar para o advogado de Najila Trindade. 

 

Mas agora a onda de mudanças na Globo sobrará até para Sandra Annenberg. Há muitos anos ele comanda o telejornal. Sandra já dividiu o Jornal Hoje com Evaristo Costa, que há dois anos deixou a bancada do noticioso. Evaristo se demitiu, pois queria fazer acordos comerciais, mesmo motivo que acabou tirando Dony da bancada.

Ali Kamel, diretor de jornalismo da Globo, em contato com a Folha de São Paulo, explicou o que vai acontecer com Sandra. “Sandra ficará sim sozinha na bancada até que possamos pensar mais detidamente. Mas quem tem uma Sandra Annenberg não fica nem preocupado nem com pressa. Ela é uma profissional de mão cheia e amada pelo público“, disse ele. 

 
 

O anúncio produzirá ainda mais a presença da apresentadora na televisão. Isso porque, além do Jornal Hoje, a repórter também comanda, aos sábados, o Como Será?, atração de entretenimento do canal. 

Compartilhe essa notícia com seus amigos:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *