Paranaíba: Duplo Homicídio acontece por suposta traição.

Um suposto relacionamento extraconjugal culminou na morte de Fernando Freitas e Regianni Araújo, na noite de sábado (05), o suspeito do crime é o esposo de Regianni, Lúcio Roberto Cabral.

O relacionamento extraconjugal teria sido descoberto por prints de conversas em aplicativo de mensagens.

As vítimas foram mortas a tiros, o primeiro a ser executado seria Fernando, que foi morto na casa de sua sogra com cerca de cinco tiros.

Em seguida o autor teria seguido para a casa do próprio pai, onde estaria Regianni, e disparado contra a segunda vítima, Lúcio teria em seguida fugido do local.

Entenda o caso

O policial militar ambiental Lúcio Roberto Queiroz Silva, assassinou a mulher Regianni Araujo e o corretor de imóveis Fernando Enrique Freitas, em Paranaíba MS

De acordo com a Polícia Civil, ele cometeu o duplo homicídio após descobrir um suposto relacionamento entre os dois.

“As informações que temos é que o Lúcio teria recebido prints de conversas que mostrariam esse relacionamento entre o Fernando e a Regianni. Diante delas, ele foi armado até a casa do corretor de imóveis, passou por um grupo de pessoas que estava na calçada, entrou na residência e assassinou Fernando a tiros”, informou a delegada.

Ainda segundo a polícia, após assassinar o homem, Lúcio pegou o carro, foi até a casa da família e matou a mulher também a tiros em frente ao próprio pai.

“Como a cidade é pequena os crimes foram cometidos com uma distância de tempo muito pequena, por volta das 20 horas deste sábado ele matou o Fernando e minutos depois a mulher”, explicou a delegada.

Compartilhe essa notícia com seus amigos:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *