MS 306 passa por mais um monitoramento sobre tráfego

O Governo do Estado de Mato Grosso do Sul iniciou o processo licitatório para privatização da rodovia MS 306, uma das mais movimentadas, violenta e portanto perigosa. Ela liga a MT 100, na divisa com Mato Grosso, região da Baús e segue até Cassilândia, onde se encontra com a BR 158, trecho de aproximadamente 220 Km.

No ano passado foi realizado o primeiro monitoramento para levantar o fluxo de carros, motos, caminhões, ônibus, carretas e bitrens, visando a apuração da viabilidade de abertura do processo licitatório.


Nesta semana, por três dias, de segunda a quarta-feira (09), uma empresa terceirizada, não informou por quem, realizou novo levantamento, que poderá ser para formar valores à proposta ao processo licitatório. Três equipes se instalaram, uma no Município de Costa Rica, outra em Chapadão do Sul e a terceira em Cassilândia. As principais perguntas eram: qual a origem? O destino? Endereço? Motivo da viagem? Frequência que utiliza a rodovia?

No dia 16 de agosto deste ano de 2019 foi realizada uma audiência pública onde foram apresentadas sugestões e contribuições para o aprimoramento do projeto que visa à concessão dos serviços públicos de recuperação, operação, manutenção, conservação, implantação de melhorias e ampliação da capacidade do sistema rodoviário da MS-306.

Fonte: Jovemsulnews (Norbertino Angeli)

Compartilhe essa notícia com seus amigos:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *