Tragedia: Motorista diz que ônibus derrapou em pista molhada

O motorista que conduzia o ônibus que tombou na rodovia Marechal Rondon (SP-300), em Mirandópolis na madrugada desta quarta-feira (18), informou à polícia que o veículo derrapou, em função do asfalto molhado devido à chuva que caiu durante a noite.

O veículo, com placas de Três Lagoas (MS), retornava de São Paulo transportando comerciantes que foram às compras. Passageiros já haviam desembarcado em Araçatuba e o ônibus havia acabado de sair de Mirandópolis.

Quando fazia a alça de acesso à rodovia, no quilômetro 601, o motorista, de 25 anos, perdeu o controle. O veículo passou sobre a defensa metálica à beira da pista e tombou em uma ribanceira de uma altura aproximada de 10 metros.

No total, havia 18 pessoas no veículo. Jandira Amadio de Souza, 72 anos, de Guaraçaí, e a estudante Fernanda Araújo Brito, 22, de Andradina, ficaram presas debaixo do ônibus e morreram.

Outras 15 pessoas ficaram feridas, entre elas seis de Andradina, quatro de Três Lagoas, uma de Guaraçaí, uma de Mirandópolis, uma de Pereira Barreto, uma de Guarulhos e uma de São Paulo.

Os pacientes foram levados para o Hospital Estadual de Mirandópolis. No início da tarde, sete continuavam em observação; um permanecia internado na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) e outro era avaliado para ser submetido a cirurgia.

 

Compartilhe essa notícia com seus amigos:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *