A menor Ingrid foi assassinada de forma Cruel confessa assassino que tem 15 anos.

Eles deixaram o corpo na sala da casa por quatro dias antes de voltar para enterrar o cadáver

Segundo o delegado Dr. Felipe Potter, um menor de 15 anos, e confessou o assassinato da menor Ingrid Lopes Ribeiro de 13 anos e afirmou que o crime foi cometido por ele e a dona da casa, Tayara Caroline Silva da Silva, 30 anos.

Segundo Potter seria passional , motivado por ciúmes.

O encaminhamento do menor para depoimento, ocorreu após os investigadores do SIG, começaram a ligar os fatos ocorridos e traçarem um perfil dos envolvidos e suas companhias, e chegaram ao menor.  Na sequencia os Investigadores, foram até a casa do menor, onde foram recebido por ele mesmo, que já de imediato confessou o crime. O menor de 15 anos foi conduzido a delegacia, acompanhado de seu pai, para prestar os devidos esclarecimentos.

Segundo a confissão do menor, “Tayara queria matar  Ingrid porque achava que ela estaria se envolvendo com do seu ex-marido e sentia ciúmes da menor”.

O menor afirmou em depoimento, que o crime e foi planejado pela dupla, que convidaram a menor até a casa de Tayara e de forma cruel, mataram ele com golpes de facas e machadadas na cabeça.

Após cometerem o crime, a dupla saiu da casa e somente retornou após quatro dias, para ocultar o cadáver.

Ainda segundo o menor os braços e as pernas da vítima foram amarrados somente após a morte. As duas sacolas foram postas sobre a cabeça do cadáver para evitar o espalhamento do sangue pelo chão do imóvel.

Segundo o menor, ele desferiu duas facadas na vítima enquanto a proprietária da casa desferiu golpes de machado na cabeça da vitima.

O delegado afirmou que a versão do menor é coerente com uma denúncia já existente na polícia. Desta forma fica clara que o crime nada tem a ver com problemas relacionados a drogas.

Por ser menor o menos não pode ser preso e desta forma a Policia Civil vai  representar junto ao judiciário pela internação dele.

Compartilhe essa notícia com seus amigos:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *