Corinthians é eliminado da Libertadores de novo em casa com arbitragem polêmica e Pedrinho expulso

Terminou a aventura do Corinthians na Copa Libertadores de forma precoce nesta quarta-feira (12). Em uma noite que Pedrinho foi expulso com menos 30 minutos de jogo e o árbtiro Nestor Pitana cometeu muitos erros, o time bateu o Guaraní por 2 a 1, na Arena, mas não avançou. Os paraguaios se beneficiaram por ter marcado fora de casa. Eles já tinham vencido a partida anterior por 1 a 0.

Isso significa que o torneio deste ano não terá o tradicional Dérbi. Quem avançar da terceira fase –Guaraní e Palestino se enfrentam agora na sequência do mata-mata– cairá na chave do Palmeiras.

A eliminação é duro golpe no início do trabalho do técnico Tiago Nunes, que já tem outra pedreira. Sábado sua equipe visita o São Paulo, no Morumbi, no segundo clássico da temporada. O desempenho em 2020 conta com quatro vitórias, quatro derrotas e um empate.

O Corinthians até chegou a fazer o placar necessário para se classificar, o que complicou a noite não foi nem tanto a expulsão de Pedrinho, aos 28 minutos. Até porque o segundo gol aconteceu três minutos depois do lance e no final do primeiro tempo Vagner Love cabeceou uma bola que poderia ter sido a do terceiro gol. O time jogava bem, criava lances no ataque e empolgava a torcida.

O que complicou a disputa foi a pífia apresentação nos minutos iniciais da etapa final e erros da arbitragem. Começando por um toque de mão de Boselli, que não existiu e um erro grosseiro dando uma falta que nem teve contato entre os adversários.

Foi aos 15 minutos. Pitana marcou uma falta de Gil em Bobadilla, embora o corintiano nem sequer tenha tocado no veterano atacante paraguaio. Na cobrança de falta perto da risca da grande áreas, Fernandes marcou.

Depois, o time teve um momento de baixa, demorando para voltar ao jogo Quando passou a buscar as jogadas ofensivas, a partir dos 23 minutos da etapa derradeira, encontrou um verdadeiro paredão amarelo diante do gol de Servio. Além de uma cera irritante.

O próximo adversário do Guarani será o Palestino, do Chile, que eliminou o Cerro Largo, do Uruguaio, com uma goleada por 5 a 1. A primeira partida da terceira fase preliminar da competição será na casa dos chilenos, em Santiago, na próxima quarta-feira (19).

ESPN

Compartilhe essa notícia com seus amigos:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *