Guarda é suspeito de matar ex-namorada e amigo a tiros durante churrasco

Um guarda municipal de 35 anos é suspeito de matar a tiros a ex-namorada e o amigo dela, na noite deste sábado (29), durante um churrasco na Rua Aruajá, no Jardim Noroeste, em Campo Grande. A esposa do homem morto também foi atingida após tentar intervir na discussão e está internada na Santa Casa.

A delegada da Deam (Delegacia de Atendimento à Mulher) explicou que a ex-namorada do guarda municipal estava em um churrasco na casa de uns amigos quando ele chegou no local. Os dois teriam tido uma discussão e o guarda deu um tiro na cabeça da vítima.

A esposa do dono da residência tentou intervir na briga e acabou atingida por um disparo, mas foi socorrida com vida e levada para a Santa Casa. Quando o proprietário da casa saiu para ver o que tinha acontecido também foi morto com um tiro. Após o crime, o agente fugiu. A autoridade policial não soube informar se a arma usada nos assassinatos era do suspeito.

O GOI (Grupo de Operações e Investigações) está em buscas pelo suspeito. A assessoria de imprensa da Guarda Civil Municipal de Campo Grande informou que os fatos ainda estão em apuração e a nota oficial deve sair na segunda-feira (2).

A reportagem tentou contato com o secretário de segurança pública de Campo Grande, Valério Azambuja, mas o celular estava desligado. O guarda municipal pode responder por feminicídio, homicídio e homicídio na forma tentada.

Compartilhe essa notícia com seus amigos:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *