Antônio Vaz chama atenção para cuidados básicos e prevenção com o coronavírus e outras epidemias

Na sessão desta quinta-feira (5), o Presidente da Comissão Permanente da Saúde, deputado estadual Antonio Vaz (Republicanos), usou a tribuna para alertar a população sobre a epidemia chamada coronavírus.

“Atualmente 54 países confirmaram o coronavírus, mais de 80 mil casos em todo mundo, com cerca de 2.924 óbitos. Só no Brasil existem até o momento, 182 casos suspeitos conforme o último levantamento do Ministério da Saúde” pontua Vaz.

Para o parlamentar, é preciso ter uma boa higienização nas mãos, limpar com frequência usando álcool ou sabão e água, são costumes básicos que auxiliam a população. Vaz comparou que a preocupação com o novo vírus deve ser a mesma com grandes epidemias que enfrentamos, como a dengue. “Vamos ter a mesma cautela, o coronavírus mata bem menos que a dengue. Precisamos manter o quintal limpo, orientar as famílias e amigos em como proceder”, afirma o deputado.

Conforme o Ministério da Saúde, Coronavírus é uma família de vírus que causam infecções respiratórias. O novo agente da doença foi descoberto em 31 de dezembro de 2019, após casos isolados na China. Provocando o coronavírus (COVID-19).

Entenda como surgiu a doença

Embora a China não tenha confirmado a origem exata do vírus, agora conhecido como 2019-nCoV, as autoridades acreditam que o surto se originou em um mercado de Wuhan.

São mercados onde animais vivos são vendidos, você pode ver galinhas vivas e peixes nadando em tanques de água. Isso ocorre porque as pessoas querem produtos frescos. Então, por exemplo, diante de um comprador de frango, o vendedor sacrifica e corta o animal no estande. Todas as sobras ficam espalhadas, com pouca higiene e cuidado com a saúde, o que facilita a propagação de doenças.

Casos mais leves podem se parecer com gripe ou resfriado comum, dificultando a detecção. Já casos mais graves podem evoluir para pneumonia e síndrome respiratória aguda grave ou causar insuficiência renal. Os sintomas incluem febre alta, tosse, dificuldade para respirar e lesões pulmonares.

Coronavírus no Brasil

No Brasil existe 531 suspeitas do coronavírus e 315 casos já foram descartados por exame laboratorial.

Até o momento, foram confirmados quatro casos do coronavírus no Brasil, o primeiro no dia 25 de fevereiro de 2020, um idoso de 61 anos de idade, com histórico de viagem para Itália, região da Lombardia.

Já o segundo caso do corona no país, é um homem, de 32 anos, residente de São Paulo, que foi atendido no Hospital Israelita Albert Einstein no dia 28 de fevereiro. O paciente tem histórico de viagem para Milão (Itália).

O terceiro caso do corona vírus, é um paciente colombiano de 46 anos que mora em São Paulo que viajou para a Espanha, Itália, Áustria e Alemanha.

O Ministério da Saúde confirma o quarto caso por COVID-19 em uma adolescente de 13 anos assintomática, provável infecção causado em viagem para Itália.

A Secretaria Estadual de Saúde de Mato Grosso do Sul, monitora 14 casos suspeitos de coronavírus (COVID-19) no Estado, um em Ponta Porã, três em Dourados e dez em Campo Grande.

O ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta, garantiu, que a população brasileira terá todas as informações necessárias para que cada um tome suas precauções, que são cuidados com a higiene e etiqueta respiratória, como lavar as mãos e o rosto com água e sabão. Este é um hábito importante e higiênico para evitar não só doenças respiratórias como outras doenças de circuito oral.

Compartilhe essa notícia com seus amigos:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *