Terceiro em casos de coronavírus em MS, Nova Andradina já tem 100% de cura

A terceira posição no número de casos confirmados de novo coronavírus alçada pelo município de Nova Andradina, distante 301 quilômetros de Campo Grande, a primeira vista representada sinal de alerta. No entanto, as 11 pessoas diagnosticadas com a covid-19, na cidade, já estão curadas, depois de cumprirem o período de quarentena.

Conforme a prefeitura do município, as contaminações ocorreram entre os profissionais da saúde que tiveram contato com a primeira paciente a não resistir a doença em Mato Grosso do Sul. Moradora de Batayporã, Eleuzi Silva Nascimento, 64 anos, chegou a ficar internada na cidade vizinha, antes de morrer no dia 31 de março.

Familiares dos responsáveis por atender a idoso também acabaram contaminados. Sem casos de transmissão comunitária, quando os não se sabe a origem do vírus, o município conseguiu controlar os casos e há mais de uma semana congelou o número de confirmações.

 
 

De acordo com o secretário municipal de Saúde Sérgio Maximiano, há apena 1 caso em investigação e 46 pessoas monitoradas.

Mesmo diante do cenário positivo,o titular da saúde solicitou que todos estejam atentos às medidas de prevenção e combate a covid-19 para evitar a propagação da doença.

“A etiqueta respiratória, que inclui o uso obrigatório de máscaras nos locais públicos e estabelecimentos privados, e a higienização das mãos com água e sabão ou álcool em gel são recomendações que precisam ser adotadas pelas pessoas. Além disso, destacamos a necessidade de evitar aglomerações e de manter o isolamento social’, indica o gestor da saúde.

Para garantir que não haja contaminação em massa pelo novo coronavírus e superlotação no sistema público de saúde, a indicação do governo do estado é de que o índice de isolamento social seja de 70%. Os índices são mensurados diariamente através do sistema de georreferenciamento da startup In Loco.

“No momento, não há nenhum paciente internado, em isolamento no Hospital Regional. Além disso, o número de atendimentos na Unidade Sentinela caiu nos últimos dias, de uma média de 30 para 19 atendimentos. Isso significa que as medidas adotadas estão sendo eficientes e que todos, de maneira geral, estão fazendo a sua parte’, declarou o secretário.

Hoje, a SES (Secretaria de Estado de Saúde) registrou a sétima morte por coronavírus no Estado, onde 186 pessoas foram diagnosticadas com a doença. Também têm 11 casos registrados do novo coronavírus no Estado, os municípios de Dourados e Sonora.

Os óbitos no Brasil já ultrapassam 2,9 mil, entre mais de 46,1 mil casos confirmados. No mundo, já foram mais de 2,6 milhões de contaminados e mais de 185 mil mortos.

 

Compartilhe essa notícia com seus amigos:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *