Paranaíba: proíbe aglomeração em pontos de ‘rolezinho’ e obriga uso de máscara

Com seis novos casos confirmados nas últimas 24 horas e 128 no total de coronavírus, Paranaíba, com cerca de 42 mil habitantes, proíbe aglomeração de pessoas em pontos de encontro da cidade e obriga o uso de máscara nas ruas.

O decreto foi publicado no Diário Oficial do município desta quinta-feira (25), pelo prefeito Ronaldo ‘Miziara’, que considerou as projeções que apontam o crescimento de infectados de Covid-19 na cidade.

O texto informa que está proibido, a partir desta data, a aglomeração de mais de 30 pessoas em pontos comuns da cidade como “nos lagos e lagoas, nos rios Barreiro, Santana e Aporé, e principalmente, aos arredores do rio Paranaíba próximo a Ponte do Porto de Alencastro”.

Além disso, outra medida para frear a disseminação do vírus é o uso obrigatório de máscaras nas ruas e espaços do município. Até então, havia a obrigação do cumprimento somente do decreto estadual, que estabelecia o uso de máscaras em ambientes fechados como órgãos públicos ou comércios.

Quem for flagrado desrespeitando as determinações poderá ser preso por até um ano e receber multa, conforme dispõe o artigo 268 do Código Penal (infringir determinação do poder público, destinada a impedir introdução ou propagação de doença contagiosa).

Compartilhe essa notícia com seus amigos:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *