Em 14 dias, ocupação das UTIs de Campo Grande quase dobrou e chega a 75%

Nesta sexta-feira (10), a taxa de ocupação dos leitos de UTIs (Unidades de Terapia Intensiva) de Campo Grande atingiram 75%. O índice de internações é quase o dobro de 14 dias atrás, quando a cidade possuía 40% de ocupações.

O número de ocupações dos leitos de UTIs subiu conforme o avanço do coronavírus na cidade. Em 4 de julho, Campo Grande retornou ao topo de casos de coronavírus no Estado. Até a manhã desta sexta-feira (10), haviam 4.070 casos confirmados da doença.

Em transmissão ao vivo nas redes sociais, o prefeito  () lembrou que “o índice de percentual de ocupação de leitos de UTI já está em 75% na nossa cidade”. Assim, a comparação com duas semanas atrás foi realizada por ele.

“Há 14 dias atrás, o índice era de 40%, nós tínhamos 60%, depois desses dias, hoje o índice já está em 75% e só nós resta 25%”. Na última quinta-feira (09), o prefeito afirmou que caso o desrespeito aos decretos e medidas de enfrentamento continuem acontecendo, Campo Grande pode ficar sem leitos.

Por fim, Marquinhos fez um novo alerta aos campo-grandenses. “Para que nós possamos dar tranquilidade e não entrar em um colapso de Saúde pública, por favor, respeitem os decretos”.

Compartilhe essa notícia com seus amigos:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *