Cristiane Brasil se apresenta a polícia após ser alvo de mandado de prisão

A ex-deputada federal Cristiane Brasil se apresentou no prédio da chefia de polícia, no Centro da Cidade, na tarde desta sexta-feira (11).
 
Havia um mandado de prisão contra ela expedido na segunda fase da Operação Catarata, que investiga supostos desvios em contratos de assistência social no governo do estado e na Prefeitura do Rio.
Cristiane foi procurada durante a manhã, mas não foi encontrada. Segundo a assessoria de Cristiane, ela estava fora do estado e avisou que ia se entregar.
 
Por volta das 16h10, Cristiane Brasil se apresentou à Polícia Civil, no Centro. Às 17h20, ela chegou ao Instituto Médico Legal, para fazer exames antes de ir para a penitenciária.
 
O Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ) e a Polícia Civil afirmam que o esquema pode ter desviado R$ 30 milhões dos cofres públicos entre 2013 e 2018 — parte em espécie.
 
Entenda a denúncia da Operação Catarata 2
Cristiane Brasil é ativa na web contra a corrupção
Cristiane responde por atos supostamente praticados entre maio de 2013 e maio de 2017, quando assumiu secretarias municipais nas gestões de Eduardo Paes e Marcelo Crivella.
 
“Justiça será feita”, diz Cristiane
A caminho da polícia, a ex-deputada fez um vídeo em sua rede social dizendo que acredita no trabalho da Justiça.
 
G1
Compartilhe essa notícia com seus amigos:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *