Homem que recebeu 50 mil reais para intermediar assassinato de advogado em Costa Rica é preso pela Polícia Civil

Um homem de 47 anos de idade, condenado a 14 anos de prisão por intermediar o assassinato de um advogado de Costa Rica, em 2009, foi preso na manhã desta quarta-feira (23), pela Polícia Civil.

Na última semana, o SIG (Setor de Investigações Gerais) da Polícia Civil de Costa Rica, tomou conhecimento de que o homem tinha um mandado de prisão expedido pela 1ª Vara do Tribunal do Júri de Campo Grande pelo crime de homicídio qualificado e formação de quadrilha.

Os policiais passaram a monitorá-lo, quando o prenderam no bairro Vale do Amanhecer.

O crime ocorreu no ano de 2009, ocasião em que um advogado foi morto a tiros em uma lanchonete no Centro de Costa Rica. O condenado teria recebido R$ 50 mil para intermediar a contratação dos pistoleiros responsáveis pela execução do advogado a mando de um pecuarista da região.

Ele foi recolhido à carceragem da Delegacia de Polícia de Costa Rica, onde permanece à disposição da Justiça.

FONTE: MS TODO DIA

Compartilhe essa notícia com seus amigos:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *