Manaus: polícia encontra 33 cilindros de oxigênio escondidos em caminhão

Motoristas do caminhão disse que ficou com medo de que população invadisse empresa e roubasse os cilindros

Enquanto pacientes morrem por falta de ar, 33 cilindros de oxigênio foram encontrados escondidos em um caminhão na zona centro-oeste de Manaus, na tarde dessa quinta-feira (15). Segundo informações da Secretaria da Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM), uma denúncia anônima motivou a busca no veículo.

Um homem de 38 anos foi detido e vai responder por reter produtos para o fim de especulação e ficará à disposição da Justiça. Dos 33 cilindros, 26 possuíam oxigênio.

(Foto: Divulgação/SSP-AM)

Segundo o delegado Bruno Fraga, diretor do Departamento de Polícia do Interior (DPI), durante o interrogatório o homem informou que possui uma empresa de comercialização de cilindros de oxigênio, porém ficou com medo de que a população invadisse o estabelecimento em busca do material, e decidiu tirá-lo do local.

“Ele informou também que os cilindros haviam sido envasados na quarta-feira (13/01). Os materiais apreendidos foram encaminhados na noite de hoje para unidades hospitalares de Manaus”, informou ele.

Policiais civis fizeram a escolta do material para abastecimento em quatro unidades de saúde da rede estadual, durante a noite. Para o Hospital Beneficente Português, foram destinados 11 cilindros. Seis foram para a Fundação Centro de Controle de Oncologia do Estado do Amazonas (FCecon), seis para o SPA do São Raimundo e três para o SPA do Coroado.

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. 

FONTE: CORREIO

 

Compartilhe essa notícia com seus amigos:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *