Gato doente? – Confira 10 sintomas que requerem atenção!

Se tem uma palavra que define muito bem os felinos, essa palavra é: independência, isso porque que eles prezam muito pela sua individualidade e dificilmente demonstram fraqueza. Apesar da característica  parecer algo bom para o mundo moderno, ela também se torna um desafio quando o assunto é doença, pois essa independência pode dificultar a identificação de alguma anormalidade em relação a qualidade de vida dos bichanos. 

Diante desse cenário, o Portal Hojemais conversou com o médico veterinário Dr. Fábio dos Santos Nogueira, proprietário da Clínica Mundo Animal, que citou 10 sintomas os quais requerem atenção quando acometem os felinos. Confira! 

Dr. Fábio dos Santos Nogueira
 

Alterações de comportamento

Uma coisa é fato: todo tutor conhece seu pet, sendo assim, uma mudança de comportamento pode ser facilmente percebida mediante uma situação  de doença. 

Por exemplo, se o animal é muito agitado, ele pode ficar mais tranquilo e aqueles que são mais tranquilos podem ficar estressados ou miando com mais frequência. Portanto, é necessário observar, pois pequenas mudanças podem demonstrar alerta!

Apatia

Todo felino adora uma boa bagunça, e até os animais mais tranquilos possuem o seu momento mais agitado, seja para correr, pular ou perseguir objetos. 

Esse tipo de comportamento faz parte do DNA dos felinos, por isso que a falta de energia também requer atenção, ou seja, se após inúmeras tentativas de estímulo o animal não responder, então é hora de procurar um veterinário. 

Falta de apetite

Se existe algum problema com o animal, então é muito provável que ele não irá sentir vontade de comer, e isso é comum, visto que inúmeras enfermidades causam essa falta de apetite. 

De acordo com o veterinário, geralmente os gatos também possuem uma rotina, ou seja, eles têm um horário definido para a alimentação. Portanto, se chegou a hora da ração e ele não demonstrou interesse então fique atento, e caso essa falta de apetite se estenda ao longo do dia procure um especialista. 

Vômitos e náuseas

As náuseas são comuns entre os gatos, e elas ocorrem devido o hábito de higiene que eles possuem, sendo assim, de vez em quando os felinos acabam expelindo a famosa “bola de pelos”. No entanto, quando isso se torna frequente pode ser um indicativo de anormalidade. 

Além disso, a atenção deve ser redobrada quando o pet tenta vomitar e não consegue, ou quando o vômito apresenta cor escura, com sangue ou odor.  Caso isso ocorra não perca tempo e procure ajuda o mais breve. 

Dificuldade para urinar

De acordo com o médico veterinário, algumas doenças fazem com que o felino apresente dificuldades na hora de fazer xixi, sendo assim o tutor deve se atentar a três situações, são elas: 

  • Quando o gato tenta fazer xixi e não obtém sucesso;
  • Quando o gato faz xixi várias vezes em pequenas quantidades;
  • E quando ele faz xixi fora do lugar de costume.

Urina e fezes com aspecto diferente

Sim, observar a urina e as fezes é importante, sendo assim fique atento a cor do xixi, bem como a presença de sangue, que quando constatada não deve ser encarada como algo normal. 

Dificuldade de locomoção

Os gatos possuem alta capacidade atlética, e por isso não sentem dificuldades para saltar ou passar em locais apertados,  no entanto, em casos de doença, essas habilidades podem ser afetadas.

“Um felino com dificuldades para se movimentar, nunca é um bom indicativo. Quando os gatos apresentam esse tipo de sintoma, pode ser um sinal de intoxicação, problemas neurológicos ou traumas físicos, sendo necessário uma consulta imediata com um especialista” – ressaltou Nogueira. 

 
 

Sensibilidade ao toque

A individualidade dos felinos está presente até mesmo na hora de receber carinho, sendo assim, são eles quem escolhem o melhor momento para isso. 

No entanto, quando a recusa do cafuné se torna frequente até mesmo entre o tutor, então ele pode estar com um problema de saúde. E se o bichano é carinhoso a alerta deve ser ainda maior, ou seja, se o bichano se apresentar arisco de um dia para o outro procure um veterinário. 

Miados e ronronados

De fato, os miados e ronronados são algo comum e fazem parte da natureza dos felinos, mas o problema se apresenta quando esses ruídos são emitidos de forma constante e rouca, o que pode indicar algum problema de saúde. Nesse caso, assim como os demais, também é necessário procurar uma orientação por parte de um especialista, sendo essa uma forma de fazer um diagnóstico precoce e dar início ao tratamento mais eficaz ao quadro clínico do animal. 

Falta de higiene

Os gatos adoram se higienizar e fazem isso diversas vezes ao dia. Portanto, quando o felino apresenta pelos sujos e com odor é sinal de alerta, visto que a má aparência não é o forte desses bichanos.

Contudo, monitorar a saúde dos pets é de extrema importância e manter a atenção a esses 10 sinais pode evitar uma série de complicações! 

 

Já realizou o check up do seu bichinho de estimação este ano? Se ainda não, o Hospital Veterinário Mundo Animal realiza todos os exames necessários para cuidar da saúde do seu pet.

Compartilhe essa notícia com seus amigos:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *