Sem UTI, grávida morre de Covid e bebê é salvo por médicos em parto de urgência

Grávida infectada pelo novo coronavírus, Taciane Morais dos Santos, de 28 anos, morreu nesta terça (23), no Hospital e Pronto Socorro Municipal de Várzea Grande. Bebê nasceu em parto de emergência e tem quadro estável.

De acordo com informações da assessoria, ela era natural de Nova Olímpia (a 204 km de Cuiabá). Contudo, não conseguiu atendimento para tratar a Covid-19 no município. Ela precisava ser internada em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) em decorrência da gravidade de seu caso.

Ela veio para Cuiabá para tentar atendimento nos hospitais referência, mas, devido à superlotação dos leitos, conseguiu atendimento na unidade de saúde de Várzea Grande. Ela foi encaminhada para sala cirúrgica para realização do parto, contudo, não resistiu.

Recém-nascido tem quadro estável, mas está em observação por conta do nascimento prematuro e pelo quadro de Covid-19 da mãe. Nas redes sociais, familiares e amigos lamentaram a morte.

“Nunca irei te esquecer, minha prima amorosa. Você estava tão feliz com a chegada da pequena Rebeca. Só Deus sabe o quanto ela era desejada. Cuida da sua pequena aí de cima. Que Deus te receba de braços abertos”, disse uma prima, em sua página pessoal.

Compartilhe essa notícia com seus amigos:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *