Covid mata 12 vezes mais que violência em março

Dados da Secretária Estadual de Saúde apontam que nos 31 dias do mês de março, 975 pessoas morreram pela Covid-19 e mais de 34 mil foram infectadas pelo vírus em Mato Grosso do Sul. O mês foi recordista nos números de mortes desde o inicio da pandemia e também o maior em casos de internações ocasionadas pela doença.


O número de pessoas vitimadas pela covid no mês de março é imensamente maior, se comparadas com a quantidade de pessoas mortas por crimes de violência no mesmo período. De acordo com dados da Sejusp (Secretaria de Justiça e Segurança Pública de Mato Grosso do Sul), no mês passado, 77 pessoas foram assassinadas no Estado, numero 12 vezes menor do que os óbitos derivados da covid.


Os números alarmantes, também são bem maiores do que o de vitimas de homicídios registrados desde o começo do ano. No período de 01 de janeiro até 31 de março, homicídios dolosos, homicídios na forma tentada, homicídios culposos e feminicídio, somaram juntos 249 óbitos em todo o estado.

Os óbitos por covid registrados em março, chamam ainda mais atenção se comparados com os casos de homicídios ocorridos em todo ano de 2020. De 1º de janeiro de 2020 até 31 de dezembro foram 1080 crimes contra a vida em Mato Grosso do Sul, apenas 105 casos a mais que as mortes por covid registrados nos 31 dias do mês passado.

Histórico – O boletim epidemiológico estadual atualizado na noite de ontem (1º), aponta que Mato Grosso do Sul acumula mais de 217 mil casos e 4.334 óbitos causados pelo coronavírus. Campo Grande chegou a marca de 1.906 vidas perdidas para a doença desde o início da pandemia, com 85.651 pessoas infectadas. – CREDITO: CAMPO GRANDE NEWS

Compartilhe essa notícia com seus amigos:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *