MS: queda de avião matou primos do Rio Grande do Sul

Foi identificado como Rubens Borgo a segunda vítima da queda de um avião na tarde deste quinta-feira (13), na região de São Gabriel do Oeste, cidade que fica a 140 quilômetros de Campo Grande. Rubens estava acompanhando o primo, Valquírio Baseggio, que pilotava a aeronave e também morreu no acidente.

O avião de pequeno porte caiu em um milharal na divisa entre São Gabriel do Oeste e Bandeirantes. Com a força do impacto, o corpo de Rubens foi lançado para fora da aeronave e a outra vítima ficou presa entre as ferragens. Militares do Corpo de Bombeiros de Coxim e peritos de Campo Grande estão fazendo o resgate dos corpos, neste momento.

 

O avião atingiu o solo em cheio. A hélice foi encontrada a poucos metros da aeronave fincada no chão e o motor ficou completamente destruído. A causa da queda ainda está sendo investigada. O delegado titular da Polícia Civil de São Gabriel do Oeste, Fabio da Silva Magalhães, acompanha os trabalhos.

Uma equipe do Dracco (Departamento de Repressão à Corrupção e ao Crime Organizado) da Capital também está no local, sob o comando da delegada Ana Cláudia Medina.

Rubens Borgo, era natural de Tapejara, no Rio Grande do Sul e Valquírio Baseggio, de Passo Fundo, no mesmo estado. Os dois decolaram por volta das 9h de São Gabriel do Oeste, com destino a Passo Fundo. A aeronave de prefixo PU-VVB de pequeno porte, era propriedade de Baseggio.

Ainda pela manhã o avião ficou fora do radar e então foi acionado o Salvaero (Serviço de Busca e Salvamento). A aeronave foi encontrada por equipe do Esquadrão Pelicano da Força Aérea Brasileira de Campo Grande.

Piloto do avião, Valquírio Bassegio, era muito conhecido como produtor rural na região de Coxim. Ele Também era presidente do Clube de Tiro e Caça de Passo Fundo, além de colecionador de veículos antigos.

Compartilhe essa notícia com seus amigos:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *