Paranaíba: Mulher atualiza dados pessoais em aplicativo, tem conta bancária invadida e perde R$ 13 mil

Uma mulher de 46 anos, moradora em Paranaíba, teve prejuízo de R$ 13 mil ao ter a conta bancária invadida após fazer uma suposta atualização cadastral. A vítima registrou boletim de ocorrência na Polícia Civil e informou a instituição financeira em busca de restituir o valor subtraído em três operações.

Ela conta que, na segunda-feira (5), acessou o aplicativo do banco pelo celular e o mesmo sugeriu uma atualização dos dados. Ela então começou a inserir informações pessoais, como número do CPF, endereço, nome dos pais e a senha. Cerca de 20 minutos depois, foi notificada a respeito de três transações feitas por terceiros na conta.

Ao verificar, constatou um PIX de R$ 5 mil, um TED de R$ 3 mil e um TEV de R$ 5 mil. Ela acredita que os criminosos, de alguma forma, tenham obtido os dados que ela inseriu no aplicativo para terem acesso à conta. Ela conseguiu identificar os destinatários do PIX e do TED e repassou o caso às autoridades, para abertura das investigações.

Compartilhe essa notícia com seus amigos:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *